O que eu tenho a dizer sobre: O Teorema Katherine

Terminei de ler O Teorema Katherine, o segundo livro do autor John Green, na semana passada e hoje resolvi vir aqui falar um pouquinho sobre o livro e o que eu achei dele.

downloadTítulo original: An Abundance of Katherines
Autor (a): John Green
Editora: Intrínseca
ISBN.: 9788580573152
Número de páginas: 304

 Sinopse:

Se o assunto é relacionamento, o tipo de garota de Colin Singleton tem nome: Katherine. E em se tratando de Colin e Katherines, o desfecho é sempre o mesmo: ele leva o fora. Já aconteceu muito. Dezenove vezes, para ser exato.
Depois do mais recente e traumático término, ele resolve cair na estrada. Dirigindo o Rabecão de Satã, com seu caderninho de anotações no bolso e um melhor amigo bem fora de forma no banco do carona, o ex-garoto prodígio, viciado em anagramas e PhD em levar pés na bunda, descobre sua verdadeira missão: elaborar e comprovar o Teorema Fundamental da Previsibilidade das Katherines, que tornará possível antever, através da linguagem universal da matemática, o desfecho de qualquer relacionamento antes mesmo que as duas pessoas se conheçam.
Uma descoberta que vai mudar para sempre a história amorosa do mundo, vai vingar séculos de injusta vantagem entre Terminantes e Terminados e, enfim, elevará Colin Singleton diretamente ao distinto posto de gênio da humanidade. Também, é claro, vai ajudá-lo a reconquistar sua garota. Ou, pelo menos, é isso o que ele espera.

Saraiva Amazon Submarino 

 

Colin Singleton (Ex-garoto prodígio, judeu, nada religioso, vencedor do Kranialkidz, viciado em anagramas) é um adolescente que tem um curioso gosto por certos tipos de garotas. Enganam-se aqueles que acham que ele prefere as mais gordinhas, ou as mais magrinhas. Loiras ou morenas. Ou até mesmo as ruivas. Na verdade, Colin é apaixonado por Katherines! Pois é, foram 19 namoradas todas elas chamadas Katherine. E o mais curioso ainda é que todas, as 19 garotas, terminaram com ele.
Assim, depois do 19º pé na bunda, Colin resolve sair em uma viajem de carro com seu melhor amigo Hassan (muçulmano, odeia estudar e não quer saber da faculdade). Os dois, a bordo do Rabecão de Satã, caem na estrada sem rumo e sem destino.
A aventura realmente começa quando eles resolvem visitar o tumulo do Arquiduque Francisco Ferdinando no condado de Carver, Tennessee, conhecem Lindsey Lee Wells e, por um acaso, acabam arranjando um emprego e uma hospedagem! É aí que Colin começa a trabalhar em um Teorema que poderá prever o possível final de um relacionamento antes mesmo que as duas pessoas se conheçam.

26-1024x682

O livro possui uma história realmente muito boa, e os personagens são realmente cativantes (embora Colin, às vezes, pareça um chorão carente de marca maior). Além disso, John Green  (que se mostra mais uma vez um autor maravilhoso), mescla a excelente historia com matemática e observações no rodapé que explicam vários fatos e deixa o livro ainda mais engraçado. Há! E mesmo que você não seja bom em matemática (relaxa, eu te entendo) no final do livro tem um apêndice explicando todos os gráficos e como eles foram criados.

O livro tem 299 páginas, a leitura é super agradável e essa capa é liinda rs. Por causa de um tempo meio turbulento acabei tendo pouco tempo para ler e lendo-o bem devagar, mas sentia que o livro me prendia demais e sempre que eu tinha que largar o livro era um suplício rs.

22-1024x682 25-1024x682 24-682x1024

O livro é recomendadíssimo!
E pra quem se interessou o Submarino disponibilizou o primeiro capítulo dele para quem quiser ler. É só clicar aqui e dar uma olhadinha!

Uma boa leitura e uma ótima semana a todos!

Maria Simone

24 anos, leonina, carioca, futura design gráfica e leitora assídua até de rótulo de shampoo. Apaixonada por fotografia e pela natureza.

outubro 26, 2013
outubro 31, 2013

RELATED POSTS

DEIXE SEU COMENTÁRIO