Apesar

IMG_0879 copy

Como se tudo fosse beleza
A vendedora de flores passeia
Apesar dos pesares meus e teus
Floreia o vermelho escarlate
Como se tudo cessasse pra assistir
Um sorriso se abre a pedir
Que se compre uma flor
Apesar das distâncias e das lágrimas
Apesar das buzinas cantantes
Da falta de estrelas no céu
Do frio e da fome
Passeia a beleza
Como se tudo fossem flores
Como se o mar tivesse calmo
E a respiração tivesse lenta
Como se esbanjassem arco-íris
Como se os amores não errantes
Como se os filhos não ingratos
Como se aplausos
Como se eterno
Como se intenso
É lá que mora a esperança
No sorriso da vendedora de flores
Mesmo que nada haja
Passeiam elas sedutoras
Rubras e sempre

Talita NogueiraComo se fosse verdade

Informações sobre a autora e seu livro

Instagram ♥  Blog  ♥ Resenha do livro  

Maria Simone

24 anos, leonina, carioca, futura design gráfica e leitora assídua até de rótulo de shampoo. Apaixonada por fotografia e pela natureza.

abril 21, 2016

RELATED POSTS

DEIXE SEU COMENTÁRIO