Vamos falar sobre série? Vamos falar sobre IZombie

Que eu sou viciada em uma boa série vocês já sabem. Aqui no blog de vez em quando eu venho falar sobre alguma série que estou viciada e tentar viciar vocês também. Por esse motivo, hoje vim falar sobre IZombie. A primeira vez que ouvi falar sobre a série foi com a Fran do blog Morando Sozinha. Lembro que ela comentou no Snapchat que estava assistindo ou fez um vídeo no canal indicando algumas séries e essa estava lá no meio.

O problema é que, na época, a série não estava disponível na Netflix e como eu já estava viciada em muitas séries acabei deixando pra procura-la em algum site depois. Eis que a Netflix, nossa querida, amada e idolatrada Netflix, colocou IZombie em suas opções.

Terminei de maratonar Gilmore Girls e a primeira série que passou pela minha cabeça foi IZombie. E eu me vi completamente viciada!

Desenvolvida por Rob Thomas e Diane Ruggiero-Wright, a série é transmitida pela The CW desde 17 de março de 2015. IZombie originalmente eram histórias em quadrinhos de mesmo nome (produzidos por Chris Roberson e Mike Allred) e lançados pela Vertigo da DC Comics.

A série conta a história de “Liv” Moore (Rose McIver), uma médica residente de Seattle, que é transformada em zumbi quando vai à uma festa em um barco. Mas os zumbis dessa série não são bem como os que conhecemos das histórias de terror. Aqui, Liv mantem sua sanidade e consciência, desde que bem “alimentada”. Pra suprir essa nova necessidade, Liv larga seu emprego no hospital e passa a trabalhar em um necrotério. É lá que Liv começa a tirar partes dos cérebros de vítimas de homicídios.

Mas não demora muito tempo até que seu chefe, Ravi Chakrabarti (Rahul Kohl), perceba que tem algo errado com sua nova funcionária e comece a ligar os pontos. Para a surpresa de Liv, Ravi acaba se tornando um grande amigo e confidente de seu segredo. Como cientista e curioso, Ravi começa a estudar a amiga a fim de descobrir as causas e, quem sabe, até uma cura.

O interessante é que ao consumir o cérebro das pessoas, Liv adquire algumas características marcantes delas. Além disso, ela passa a ter visões que mostram os seus últimos momentos de vida. É graças à essas visões que Liv passa a ajudar a polícia de Seattle nas investigações.

Pense em uma série amorzinho! Tudo nela é sempre uma surpresa. Você nunca sabe o que vai acontecer a seguir. Liv é uma personagem super carismática, que ganha instantaneamente nosso coração. Ela está sempre tentando ajudar o próximo e passa a levar o seu trabalho como “detetive” muito a sério. E como não se apaixonar por Ravi? Esse inglês rouba nossos corações enquanto ajuda Liv e entender mais sobre si mesma. Ele é um daqueles amigos que todos nós gostaríamos de ter.

O que mais gostei aqui foi a inovação ao redor dos zumbis. Nada aqui é clichê. Na série, os zumbis vivem entre os humanos sem serem detectados.

Com uma trama bem construída e divertida a série vai prendendo o expectador cada vez mais a cada episódio. E é impossível você não se emocionar, se irritar, querer bater em alguns personagens e, cinco minutos depois, querer bater palmas pra ele. É um misto de sentimentos!

Até agora, apenas a primeira temporada está disponível na Netflix. Ela é bem curtinha, tem apenas 13 episódios com duração de cerca de 40 minutos cada. Porém uma terceira temporada já foi anunciada e em breve estará disponível pra gente amá-la

Confira a seguir o trailer da série:

E você, já assistiu? Ficou curioso? Me conta ali nos comentários 😉

Maria Simone

24 anos, leonina, carioca, futura design gráfica e leitora assídua até de rótulo de shampoo. Apaixonada por fotografia e pela natureza.

RELATED POSTS

4 Comments

  1. Responder

    Caroline Moreira

    janeiro 21, 2017

    Meu irmão que me apresentou, vi um episódio e parei, porque quero terminar House antes hahaha Porém, realmente me surpreendi. Achei que seria algo meio zzz mas foi uma bela surpresa!!!

    beijos, Carol
    Blog com V.

    • Responder

      Maria Simone

      janeiro 22, 2017

      Que bom que gostou, Carol. Realmente, essa coisa de misturar um monte de séries a gente acaba se atolando de episódios haha
      Até hoje eu não terminei House. Faltam uma temporada e meia e cadê que eu termino ¬¬’
      Mas um dia eu chego lá haha
      Beijos ❤

  2. Responder

    Aimee

    abril 26, 2017

    eu realmente amo essa serie.
    me surpreendi pois não dava nada por ela mas depois do 1 ep me vi muito viciada.

    • Responder

      Maria Simone

      maio 10, 2017

      Não é, menina! Senti isso também. A série me surpreendeu demais.

DEIXE SEU COMENTÁRIO