1 In Textos & Crônicas

Apenas uma sobre recomeços…

Andei sumida. Do blog, do canal, das leituras, da vida. Os últimos meses não foram os mais fáceis e sei que também não serão os mais difíceis da minha vida. Mas eu preciso de um tempo. Um tempo pra pensar. Pra me refazer.

Se tem um clichê nessa vida é que ela é feita de fases. E é assim que tenho me sentido. Parece que deixei uma fase da minha vida para trás e agora estou começando uma nova. Um livro novo, dentro de uma série. Mas não é fácil. Não está sendo fácil. Por diversas vezes me sinto a deriva. Como um marinheiro sem rumo em alto mar. E a gente vai levando, dia após dia. Alguns dias são mais fáceis. A gente ajusta às velas em direção ao sol e vai. Em outros, o dia anda tão nublado que a única coisa que resta a fazer é me preparar para a tempestade iminente.

Mas vai passar. A transição é sempre a parte mais difícil e dolorosa. Quando uma parte da gente morre para que outra possa começar a existir. Mais feliz, mais livre, mais inteira… É assim que a gente aprende e que nos tornamos as melhores versões de nós mesmos.

E agora, estou nesse processo. As coisas podem continuar um pouco lentas por aqui e eu espero que você entendam. Preciso juntar os pedaços. Me reconstruir. Não sei quanto tempo leva. Não sei bem como o processo funciona… Mas eu preciso terminar essa “faxina” da minha vida e me reencontrar. Mais livre, mais feliz, mais inteira…

Mais conteúdo pra você:

1 Comment

  • Reply
    Nina Novaes
    agosto 10, 2017 at 3:40 PM

    Oi Maria <3
    É exatamente isso e não se cobre para que essa adaptação seja rápida. Vai dar tudo certo! <3

  • Leave a Reply