Toda infância é permeada por diversos medos. Monstros, fantasmas, bruxas, trovões, valentões… Medos esses que já fizeram e ainda fazem parte de diversas fábulas e contos infantis. E é exatamente esses medos que vamos ver em A Vida Não Me Assusta. Mas com  um porém aqui vamos encontrar o empoderamento e a força para superá-los.

Completando 25 anos do seu lançamento, A Vida Não Me Assusta, poema escrito pela autora Maya Angelou, ganha um edição comemorativa toda linda e especial lançada pela DarkSide Books com o selo Caveirinha, o selo infantil da editora.

Esse é o segundo livro lançado pelo selo e, mais uma vez, temos uma edição linda aos olhos e de fazer qualquer leitor babar e se apaixonar.

“A Vida Não Me Assusta é um pequeno livro de arte para crianças valentes, que enfrentam fantasmas e meninos brigões da escola com a cabeça erguida.”

Organizado por Sara Jane Boyers, o poema vem acompanhado das pinturas originais de Jean-Michel Basquiat que dão ainda mais vida e forma às palavras de Angelou. O artista consegue absorver toda a essência do poema e transforma-la em imagens que ilustram o medo e o caos de forma primordial.

 

Angelou e Basquiat são dois artistas com histórias sofridas e infâncias problemáticas que nunca se deixaram intimidar pelos obstáculos. Com suas obras individuais que sempre dialogam entre sim, ambos foram capazes de retratar a vida de diversos pontos de vista. As vezes engraçada, as vezes poético, mas sempre potencialmente assustadora.

Bruxa e caldeirão fervente

Leões livres pela frente

Ele não me assustam nada

Assim como O Alfabeto Lovecraft, esse segundo livro do selo Caveirinha é feito para crianças – a adultos é claro – que não tem medo de se arriscar e que gostam de uma boa leitura. Apesar de não ler livros infanto-juvenil assim com frequência, eu gosto bastante do gênero e assim que essa edição chegou por aqui, já fui realizando a leitura dela. Como já falei, mais uma vez a DarkSide nos dá uma edição linda que torna a experiência de leitura única.

A Vida Não Me Assusta é um livro com uma força colossal que nos faz encarar nossos maiores medos e tirar todos nossos maiores temores do fundo do peito. É um livro que te desafia a afrontar o que quer que nos faça permanecer parados, que nos incentiva a ir à luta e seguir em frente sempre. Algumas ilustrações de Basquiat podem causar estranheza a primeira vista, principalmente para os papais que estão analisando os livros para seus filhos, mas é esse o ponto. Elas são capazes de traduzir a estranheza do mundo e dos temores que assombram nossos corações e, junto com o poema, nos dão força a encara-los e subjuga-los.

A vida – este era o seu sentimento – é tudo o que temos e, certamente, ela nunca assustou Maya Angelou.

Indico o livro à todas as idades e à todos aqueles que querem ter um clássico tão lindo e incentivador quanto esse em casa ♥

Maria Simone

24 anos, leonina, carioca, futura design gráfica e leitora assídua até de rótulo de shampoo. Apaixonada por fotografia e pela natureza.

RELATED POSTS

DEIXE SEU COMENTÁRIO